“Não há melhor fragata que um livro para nos levar a terras distantes.” – EMILY DICKINSON

“Não há melhor fragata que um livro para nos levar a terras distantes.”, frase atribuída a poetisa americana Emily Dickinson (1830-1886). A genial poetisa americana, teve sua numerosa obra reconhecida somente após a morte. Sua poesia exibe uma liberdade sintática única, muito próxima da oralidade, sendo sua obra considerada moderna demais para a época em determinados aspectos.

Emily Dickinson

Mas voltemos à sua frase: podemos afirmar que, desde sempre, a magia do livro é justamente esse “poder” de envolver o leitor e levá-lo a lugares que, talvez, jamais tenha conhecido antes ou divulgar uma região, uma cidade, costumes de um local através das palavras. Isso é mágico!

Já parou para pensar em quais sentimentos os lugares que você frequenta, que gostaria de frequentar ou frequentou despertam? E quando você reconhece esse lugar em um livro? Quais emoções vem à tona? O conceito de lugar está relacionado aos espaços que nos são familiares e que fazem parte de nosso cotidiano. É através dessa geografia dos lugares, do cotidiano, que começamos a estabelecer relações entre os lugares. E essas relações podem ser evidenciadas através da literatura.

Muitas das publicações recentes de autores do Vale do Paraíba tem essa preocupação em situar a ação em algum lugar da região, criando um vínculo com o leitor. E ainda contamos com vários escritores que escrevem histórias que se passam aqui na região do Vale do Paraíba e que nem são nascidos aqui, mas consideram a região representativa para a sua literatura.

Alguns exemplos:

Poeta Ismael Alcacibas Jones – Conhecido por Poeta Ismael nas feiras livres de São José dos Campos (SP). Com seu varal de poesias, apresenta aos frequentadores das feiras, poesias e livros que foram produzidos aqui na região. O seu mais novo lançamento é o livro infantil “O Salvamento da Joaninha”, que tem como “pano de fundo” a Feira Livre do bairro Esplanada, em São José dos Campos. Poeta Ismael é nascido na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

Capa do livro infantil “O salvamento da joaninha” de Ismael Alcacibas Jones

Dila Bento – Dila Bento é uma escritora nascida em Dracena (SP), mas veio morar em São José dos Campos ainda pequena. A escritora já publicou vários livros e o que mais representa a região do Vale do Paraíba é o livro de poesias “A poesia que está em todo lugar”. Nesse livro, algumas poesias estão acompanhadas de fotografias, registros feitos pela própria autora, de vários lugares de nossa região, tais como: São José dos Campos, Cunha. Ilhabela, Bananal, Santo Antônio do Pinhal e Pindamonhangaba.

Capa do livro “A poesia que está em todo lugar” de Dila Bento

Ana Pirolo – Ana Pirolo nasceu em São Paulo (Capital), mas se considera uma escritora do Vale do Paraíba, assim como os colegas escritores Dila Bento e Poeta Ismael. A paixão que a escritora tem pela região vem descrita em seus livros “A senhora do parque” e “Além do tempo”, sendo o segundo, continuação da história apresentada no livro “A senhora do parque”. As duas publicações tem como “pano de fundo” o belíssimo parque Vicentina Aranha situado na cidade de São José dos Campos (SP). As duas histórias foram a terras distantes como Pequim e Paris de 1907, aqui a frase de Emily Dickinson faz muito sentido.

Capas livros “A senhora do parque” e “Além do tempo” de Ana Pirolo

Renata Oliveira – O exemplo da escritora Renata Oliveira é diferente de seus colegas escritores acima citados. Nascida em São Paulo (SP), ela buscou levar os seus leitores para o universo de uma fazenda, fugindo da ambientação da cidade. Em seu livro infantil “Divino, um burrinho diferente”, o leitor convive com o universo rural, com direito a fazendeiro, galo, cerca, lago e muito mais. Exemplo de que a literatura pode levar o leitor a se ver em uma fazenda.

Capa do livro infantil “Divino, um burrinho diferente” de Renata Oliveira

Essas publicações, entre tantas outras, que ilustram nossa região ou mesmo ambientes diferentes das que estamos acostumados, com certeza, conseguem se tornar reais para o leitor através do livro. A leitura tem esse poder de transportar além do tempo e espaço e ainda contribuir para o conhecimento. Portanto, leia, leia muito e, de preferência, leia as publicações dos escritores de nossa região do Vale do Paraíba.

Uma das maneiras de conhecer a literatura atual do Vale do Paraíba é através do Clube do Livro do Vale do Paraíba, que tem como objetivo incentivar a leitura de obras literárias da região e fomentar o mercado editorial local.

O projeto Clube do Livro do Vale do Paraíba , coordenado pela escritora Ana Pirolo em parceria com a Editora da Galeria, tem como inspiração todos os escritores do passado e do presente de nossa região. O projeto surgiu para divulgar e enaltecer ainda mais o Vale do Paraíba como referência da literatura nacional.

E aí, gostou? Conheça o nosso projeto Clube do Livro do Vale do Paraíba e curta ainda mais a literatura da região.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s